Escola Superior de Educação Politécnico de Coimbra
ESEC Politécnico de Coimbra
A ESEC
Estudar
Investigar / Transferir
Menu secundário

Turismo de Interior - Educação para a Sustentabilidade

Na sequência da criação do Curso de Turismo na ESEC, em 1996, da Certificação do Curso em 2001, renovada em 2006, pela Organização Mundial de Turismo (OMT) - Certificação TedQual da Fundação Themis - a Escola Superior de Educação de Coimbra apresenta o Mestrado em Turismo de Interior – Educação para a Sustentabilidade  tendo em vista responder às necessidades/expectativas de formação pós-licenciatura no âmbito do Turismo, evidenciadas em estudos e questionários aplicados aos principais interessados – os Estudantes.

Este Mestrado sustenta-se na grande necessidade e pertinência de desenvolvimento local, na Região Centro, e do crescente interesse por fortes valências locais e regionais ligadas ao sector turístico. Nesse sentido, o plano curricular do curso em epígrafe supõe uma metodologia de ensino eminentemente prática, ligada à realidade profissional, mediante a realização de visitas de trabalho e participação em projectos, adequados à realidade e ao esforço desenvolvido, quer por entidades privadas quer entidades públicas.

A promoção / preservação da Qualidade de Vida é hoje uma área muito promissora. O chamado “mercado do lazer” movimenta diversificadas empresas e serviços, evidenciando uma elevada taxa de crescimento. Por outro lado, existem hoje “novos produtos” associados a destinos de interior, de elevado valor cultural e patrimonial, que urge coordenar e desenvolver numa visão de desenvolvimento integrada para satisfazer uma procura emergente, exigente e com um nível sócio financeiro bastante confortável.

Neste contexto, a presente proposta de Mestrado visa satisfazer a procura de formação ao nível de um 2º ciclo em Turismo, indo ao encontro das necessidades de formação evidenciadas nesta área particular do saber: o Planeamento e Desenvolvimento de Produtos e Destinos de Turismo de Interior - no qual se destacam as expectativas que os Estudantes colocam no prosseguimento de estudos oferecidos pela ESEC, especificamente ao nível da formação em Turismo. Promover uma formação ao longo da vida, satisfazer a procura do conhecimento em Turismo, proporcionando uma formação técnica e estratégica adequada aos Quadros Superiores de Empresas e de Intervenção local e regional são objectivos a atingir.

 

Acreditação pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
N.º do Processo: NCE/09/01067
Acreditado
Data da Publicação: 18-06-2010
Número de Anos de Acreditação: 5

 
Coordenação do Mestrado

Adília Rita Cabral de Carvalho

Diploma

Objetivos

  • Permitir o aprofundamento da formação obtida no 1º Ciclo de forma a proporcionar uma formação técnica e estratégica adequada aos Quadros Superiores de Empresas de intervenção local e regional, de Instituições da Administração Pública, responsáveis pelo planeamento, organização e desenvolvimento de destinos turísticos.
  • Estimular nos alunos um espírito empreendedor, promovendo a capacidade de inovação nos produtos turísticos emergentes e adequados aos desafios dos mercados impostos por destinos turísticos de interior.
  • Desenvolver capacidades ao nível dos recursos humanos para o ensino do Turismo, procurando colmatar as necessidades existentes de quadros superiores a nível regional, em áreas economicamente mais desfavorecidas.
  • Estimular nos alunos o gosto pela investigação em Turismo, proporcionando-lhes a aquisição de conhecimentos e técnicas que permitam desenvolver e aplicar projectos de intervenção que contribuam para a promoção do desenvolvimento local.
  • Oferecer aos alunos uma especialização em planeamento de produtos e destinos de Turismo de Interior de forma a permitir a sua integração no respectivo mercado de trabalho.
  • Fomentar através do plano curricular proposto o desenvolvimento integrado do Turismo de Interior em consonância com o conhecimento das especificidades dos territórios e das suas potencialidades.
  • Desenvolver uma metodologia de ensino eminentemente prática, ligada à realidade profissional através da participação em projectos de intervenção local e regional.

Plano Curricular

Candidatura

As candidaturas para a 4.ª Fase do concurso de acesso decorrem de 6 de outubro até 30 de outubro de 2017 em: https://secretaria-virtual.esec.pt/cssnet/page

 

Regimes de Candidatura:

  • Candidatura a Mestrados;
  • Reingresso nos Cursos de Mestrado (Para alunos que já frequentaram o Mestrado em Turismo de Interior - Educação para a Sustentabilidade);
  • Candidatura a Mestrados para Licenciados pelo Instituto Politécnico de Coimbra em 2016/2017.

 

Caso ainda não tenha concluído a sua Licenciatura e tenha interesse em efetuar a candidatura ao Mestrado por favor contacte o Gabinete de Mestrados através do e-mail: mestrados@esec.pt  

 

No processo de candidatura devem ser anexados:

a) Documentos comprovativos das habilitações de que o candidato é titular, com informação das classificações finais (no caso de documento estrangeiro, o candidato deverá apresentar, também, a respetiva tradução);
b) Curriculum vitae;
c) Documentos comprovativos das informações fornecidas no curriculum vitae (opcional);
d) Digitalização do IBAN (para que possam ser devolvidos os montantes pagos caso o curso não venha a funcionar).

 

Para informações relativas a elegibilidade, taxas e propinas, calendários de candidatura e datas de funcionamento por favor consultar o documento “Edital”disponível nesta página.

 

Documentos Associados

  • Edital 
  • Lista de candidatos admitidos (1ª Fase)
  • Lista seriada de candidatos admitidos (1ª Fase)
  • Lista seriada definitva (1ª Fase)
  • Lista de candidatos admitidos (2ª Fase)
  • Lista seriada de candidatos admitidos (2ª Fase)
  • Lista seriada definitiva (2ª Fase) 
  • Lista de candidatos admitidos (3ª Fase)
  • Destinatários

    Podem candidatar-se ao mestrado:

    a)    Os titulares do grau de Licenciado ou equivalente legal conferido por instituição de ensino superior nacional nas áreas de Turismo e/ou Hotelaria, Gestão, Geografia ou em áreas afins;

    b)    Os titulares de um grau académico superior estrangeiro, ou equivalente legal, conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo, nas áreas de Turismo e/ou Hotelaria, Gestão, Geografia ou em áreas afins;

    c)    Os titulares de um grau académico superior estrangeiro, que seja reconhecido, pelo Conselho Técnico-Científico da ESEC, como satisfazendo os objetivos do grau de Licenciado em Turismo e/ou Hotelaria, Gestão, Geografia ou em áreas afins;

    d)    Os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido, pelo Conselho Técnico-Científico da ESEC, como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos.

    O reconhecimento a que se referem as alíneas b), c) do n.º 4 tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de Mestre e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de Licenciado ou o reconhecimento desse grau.