Escola Superior de Educação Politécnico de Coimbra
ESEC Politécnico de Coimbra
A ESEC
Estudar
Investigar / Transferir
Menu secundário

Design na Reabilitação Urbana

O curso de Pós-Graduação em Design na Reabilitação Urbana resulta do estabelecimento de um protocolo entre a Escola Superior de Educação e o Instituto Superior de Engenharia, o qual se apoia em objetivos e instrumentos de formação profissional orientados para a intervenção em espaço urbano, por sua vez suportada pelas condições físicas e humanas das instituições formadoras.

Os cursos da ESEC e do ISEC obedecem a matrizes multidisciplinares marcadas por uma formação centrada em áreas curriculares de natureza prática, como estratégia orientada para responder às exigências profissionais da atualidade, assim como garantir o sucesso e inserção dos seus diplomados no mercado de trabalho.

O reconhecimento das instituições decorre de corpos docentes qualificados, de laboratórios bem equipados, do estabelecimento de protocolos de colaboração com entidades nacionais e estrangeiras, da mobilidade de docentes e alunos e da disponibilização de formação em várias áreas e níveis que concorrem para a diversidade da oferta e qualidade da formação.

Ponderadas as condições e os pressupostos enunciados, com particular relevância para o potencial técnico e científico de ambas as instituições, bem assim como a pertinência e atualidade da especificidade formativa, a criação deste curso de pós-graduação constitui a possibilidade de desenvolver atividade profissional em domínios especializados associados à reabilitação urbana, por parte de técnicos, de entidades públicas e privadas

O curso pretende promover a formação avançada de profissionais que operam em equipas pluridisciplinares associadas à reabilitação urbana, tendo subjacentes preocupações de integração do design e da engenharia civil, no âmbito do projeto e intervenção em obra, numa perspetiva de complementaridade, face às solicitações atuais e futuras do mercado de trabalho.

A oferta formativa pretende ainda ser válida para efeitos de prosseguimento de estudos, designadamente, através da possível criação de um curso de mestrado na mesma área, possibilitando assim aos alunos o aprofundamento dos seus saberes e competências e a valorização do seu currículo académico. 

Plano Curricular

Candidatura

O presente curso não vai funcionar no ano letivo 2017/2018.

 

Os diplomados e atuais alunos da ESEC com pelo menos 120 ETCS aprovados poderão efetuar a candidatura pelo regime “Pós-Graduações de Complementaridade” (para mais informações consultar Despacho N.º5/2015 - P4, disponível em: https://www.esec.pt/pagina.php?id=261

 

No processo de candidatura devem ser anexados:

a) Documentos comprovativos das habilitações de que o candidato é titular, com informação das classificações finais (no caso de documento estrangeiro, o candidato deverá apresentar, também, a respetiva tradução);

b) Curriculum vitae;

c) Documentos comprovativos das informações fornecidas no curriculum vitae (opcional);

d) Digitalização do IBAN (para que possam ser devolvidos os montantes pagos caso o curso não venha a funcionar).

 

Para informações relativas a elegibilidade, taxas e propinas, calendários de candidatura e datas de funcionamento por favor consultar o documento “Edital” disponível nesta página.

 

Destinatários

O Curso, destinado preferencialmente a titulares de habilitação superior nas áreas do design, da arquitetura e da engenharia, nacionais ou estrangeiros, aceita a frequência de portadores de curso superior noutras áreas de formação, mediante apreciação curricular.

A admissão de outros candidatos, não portadores de habilitação superior, ficará dependente da apreciação do respetivo curriculum profissional e de realização de entrevista, procedimentos a partir dos quais fique comprovada a aptidão para a frequência de estudos pós-graduados.

Admitem-se ainda candidatos à frequência de unidades curriculares isolados, mediante a disponibilidade de vagas no curso.

No âmbito do processo de admissão de candidatos estrangeiros, serão aceites titulares de grau académico superior reconhecido pelos Conselhos Técnico-Científicos das Unidades Orgânicas, nas áreas interessadas e para efeitos de frequência do curso.