Escola Superior de Educação Politécnico de Coimbra
ESEC Politécnico de Coimbra
ESEC
Study
Research / Transfer
Secondary menu
Image

Limites Invisíveis: 3 anos a promover educação na natureza

Wednesday, 13 February, 2019

O Projeto Limites Invisíveis comemora esta semana o seu terceiro aniversário. Foi a 15 de fevereiro de 2016 que este projeto lançou o primeiro Programa Casa da Mata (PCM) – programa educativo na natureza para crianças em etapa de educação pré-escolar, na cidade de Coimbra.

Desenvolvido pelo consórcio Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC), CASPAE e Universidade de Aveiro – Departamento de Educação e Psicologia (UA-DEP), com o apoio do ICNF, o projeto Limites Invisíveis tem vindo a alargar as suas ofertas educativas e formativas. Além dos Programas Casa da Mata (PCM), para crianças dos 3 aos 6 anos, o Projeto Limites Invisíveis desenvolve outras ofertas educativas, como Um Salto à Mata (programa para crianças do 1.º CEB) e Um dia na Casa da Mata (oferta educativa em formato de visita de estudo), para além de promover campos de férias durante as interrupções letivas dirigidos a crianças dos 3 aos 10 anos. O alargamento destas ofertas têm proporcionado a muitas crianças um contacto regular com a natureza, tendo já beneficiado deste projeto um total de cerca de 1300 crianças. Investindo na formação e na consultoria, tendo sempre presente a qualidade científico-pedagógica e a contextualização de práticas na natureza, o Projeto Limites Invisíveis tem procurado responder ao interesse evidenciado por profissionais de educação e famílias com ações de formação de diferentes formatos, bem como com processos de consultoria a organizações que procuram apoio no desenho de ofertas educativas, tendo a natureza como lugar privilegiado para o desenvolvimento de processos de ensino e de aprendizagem. A investigação é igualmente uma dimensão essencial no projeto Limites Invisíveis, não apenas como elemento de monitorização da qualidade do projeto, mas também como construção de conhecimento neste domínio, tendo para o efeito parceiros nacionais e internacionais.

‹ Back